Menu
A+ A A-

Em circunstâncias normais, esta grande família dos Bombeiros Voluntários de Arouca estaria a comemorar com toda a Comunidade e Instituições que fazem parte do nosso círculo de atuação e amizade, o seu 43º Aniversário.

Apesar do momento grave que vivemos e das limitações que temos obrigação de respeitar para que a vida regresse à normalidade tão rápido quanto possível, não podemos ficar indiferentes à passagem de data tão significativa para a instituição e para a comunidade em que nos inserimos, reafirmando que apesar das contingências, estamos unidos e em alerta constante para responder às nossas obrigações para com a comunidade e as pessoas que a constituem.

É também a hora de manifestar, mais uma vez, o profundo reconhecimento e solidariedade dos órgãos sociais e estrutura de Comando para com os nossos Bombeiros do Quadro Ativo. Abnegadamente e correndo os riscos decorrentes de uma atividade que se encontra na primeira linha do socorro e apoio às populações, continuam incansáveis no desempenho da nobre missão que abraçaram e que, nesta fase que a todos surpreendeu, desempenham com a competência, serenidade e profissionalismo a que nos habituaram. Cumprindo as regras de segurança estabelecidas e todos os cuidados delas decorrentes, estão aptos em permanência para acorrer às missões de que são incumbidos. OBRIGADO.

Este reconhecimento é extensivo às suas famílias, habituadas a garantirem uma retaguarda indispensável que neste período difícil é ainda mais essencial. Também para os Quadros de Honra, de Reserva, de Formação, pessoal Administrativo e auxiliar. OBRIGADO.

Uma palavra de saudade para os que fizeram parte da Instituição e já não se encontram entre nós e que serão lembrados com a deposição de um simples ramo de flores no espaço a eles dedicado na zona frontal do quartel. Neste ano em especial desejamos que esta simples homenagem inclua todos os que partiram neste período grave da vida das pessoas.

É um aniversário de silêncio e meditação, no qual desejamos ter connosco as Instituições e todos aqueles que denodadamente e sem limites, com coragem, dedicação e saber, lutam a todos os níveis para salvar as pessoas e reduzir os efeitos nefastos deste vírus terrível que assola o mundo. Sem esquecer os que em casa ou nas camas dos hospitais lutam pela sobrevivência.

À nossa Comunidade, ao País e ao Mundo, manifestamos Esperança, Solidariedade e Amizade, num Abraço que a todos una.

Quartel dos Bombeiros Voluntários de Arouca, 11 de Abril de 2020

Pela Direção - Celso Portugal

Pelo Comando – José Gonçalves